Buscar
  • Seminário Nossa Senhora das Dores

O PRECURSOR ESTÁ PREPARANDO OS CAMINHOS

Vivenciamos um tempo difícil em todo o mundo. Um tempo que nos leva à reflexão e à interioridade de nossa alma. Um momento em que podemos aprofundar nossas essências e reconhecer quem realmente somos. Papa Francisco em sua bênção extraordinária Urbi et Orbi nos levou à compreensão de que é necessário abraçar a cruz de Jesus para encontrar coragem de abraçar as desventuras do tempo presente. É necessário abraçarmos o Emanuel que está a caminho para abraçar a esperança, pois, quem abraça a esperança, encontra a força para seguir e caminhar sem medo.

As leituras deste terceiro domingo do advento suscitam em nós a força e a salvação de uma vida plena, onde somos convidados a uma passagem das trevas para a luz. O profeta, aquele que foi ungido pelo Espírito Santo, tem como missão, por excelência, apresentar a boa nova aos pobres e aos humildes, curar feridas da alma e manifestar para os cativos o perdão e a libertação (Cf. Is. 61,1). Dessa forma, o profeta, sendo aquele que anuncia os desígnios divinos, tem a capacidade máxima de nos preparar o caminho que nos leva até a manjedoura do menino Deus.

João Batista é para nós o precursor de Cristo Jesus, o Emanuel que logo há de chegar. O profeta precursor está presente nos livros dos quatros evangelistas, pois, de certa forma, ele fez presença na vida de Cristo. João Batista não era luz, mas chegou para dar testemunho da luz (Cf. Jo. 1,8). Portanto, foi ele quem batizou o povo com a água da esperança, fazendo com que o caminho fosse preparado para o Emanuel, que consagraria o povo com o Fogo e o Espírito Santo. O profeta não se considerava digno de nem sequer desamarrar as sandálias de Jesus, muito menos de administrar o seu batismo. Mas para o precursor somente uma coisa importava: que Ele, Jesus, crescesse e ele, João, diminuísse (Cf. Jo. 3,30).

Seguindo os caminhos do grande precursor, o profeta João Batista, somos convidados a manifestar nossa força e nossa esperança em dias melhores, para aguardamos juntos a chegada do menino Deus em nosso meio, o Cristo que vem criança para nos mostrar que somos capazes de vencer os obstáculos da vida. Que este terceiro domingo do advento emane em nossos corações a voz, pela qual Deus nos fala e nos convida a olhar para Jesus, pois só Ele é “a luz” e somente nela encontramos força e esperança. Só Cristo tem uma proposta firme para nós!


Rian Luis Martins

1º Ano da Etapa do Discipulado - Filosofia