Buscar
  • Seminário Nossa Senhora das Dores

SÃO JOSÉ DE ANCHIETA, O “APÓSTOLO DO BRASIL”

Ao abraçar uma vida de santidade, a união com Deus é o caminho para buscar a felicidade e completar a obra que ele deixou a todos aqui na terra. Algumas pessoas cumpriram essa caminhada com maestria, tendo um coração bom, devoto e íntimo do Pai. Seguindo esse grande exemplo, hoje celebramos São José de Anchieta. O padre que virou santo tem uma grande história de fé, cultura e amor pela cidade de Anchieta e pelo Brasil. Ele não só trabalhou como catequista, mas também tornou-se dramaturgo, poeta, gramático, linguista e historiador.

São José de Anchieta não apenas catequizava os índios. Dava condições para que se adaptassem à chegada dos colonizadores, fortalecendo, assim, a resistência cultural. Foi o primeiro a escrever uma "gramática tupi-guarani", mas, ao mesmo tempo, ensinava aos silvícolas noções de higiene, medicina, música e literatura. Por outro lado, fazia questão de aprender com eles, desenvolvendo diversos estudos da fauna, da flora e do idioma.

José de Anchieta é um modelo para todos os tempos, para uma nova evangelização no poder do Espírito Santo e com profundo respeito a quem nos acolhe, a quem é chamado também a ser inteiro de Jesus. É chamado de “Apostolo do Brasil”, título de grande valia e merecimento, pois seu legado está vivo até hoje na cidade de Anchieta-SP. Ser apóstolo como José de Anchieta foi, é ser porta-voz do Criador, d’Aquele que nos amou desde o início, que nos redimiu em seu Filho Jesus Cristo.

Peçamos a intercessão desse grandioso Santo de nossa igreja, que tanto amou o próximo e cativou com o amor semelhante ao de Cristo, a todos em sua volta. Que São José de Anchieta, o “Apostolo do Brasil” preencha os nossos corações de ternura e paz, e que dê ânimo para levar Deus a todos os necessitados de suas graças. São José de Anchieta, rogai por nós!


Rafael Fernando Figueiredo

2º Ano da Etapa do Discipulado - Filosofia