Buscar
  • Seminário Nossa Senhora das Dores

São José, exemplo de coragem criativa

“Dou-vos um novo mandamento: Amai-vos uns aos outros. Como eu vos tenho amado, assim também vós deveis amar-vos uns aos outros (Jo 13,34)”

Acolher também é uma forma de amar, pois quando São José soube da gravidez de Maria ele pensou em deixá-la, porém o anjo do Senhor apareceu a ele em sonho e disse-lhe: “Não temas em receber Maria por esposa, pois o que nela foi concebido vem do Espírito Santo (Mt 1, 20)”, mas não acolhe somente Maria, acolhe o seu filho, o filho de Deus. José acolhe o plano de salvação e acolhe a todos nós hoje, seja por meio do sim ao projeto de Deus, seja por meio de sua intercessão poderosa a todos que recorrem a ele nas diversas necessidades.

São José nos ensina a sermos fortes perante as dificuldades da vida, nos ensina a sermos corajosos e não desanimar, a sempre buscar, fazer e acolher a vontade de Deus, mesmo que pareça ser um caminho difícil, ele nos ensina acolher as pessoas que chegam até nós, que precisam de nossa ajuda, mostrando que acolhendo o próximo acolhemos também a Deus.

É preciso termos coragem e criatividade, pois os momentos de dificuldades sempre vão traçar nossas estradas, sempre vão esbarrar em nós. Portanto, devemos aprender com São José a termos criatividade durante as tribulações, assim como ele que teve a coragem e criatividade de “transformar” um estábulo em um lugar mais acolhedor para receber o filho de Deus. Que saibamos aprender com ele a transformar um problema em oportunidade e sempre confiar na misericórdia e providência divina.

Que São José seja sempre um exemplo a ser seguido, seja como homem que não foge das situações, como pai que educa e cuida conforme a vontade de Deus, seja como esposo que amou, cuidou e sempre esteve presente, seja na sua vivência de fé, pois foi através dela, juntamente com sua coragem criativa que ele conseguiu a superar as dificuldades da vida, seja na sua caridade que teve em estar ao lado de Maria e acolher um filho que não era seu, seja na sua humildade em aceitar os planos e Deus, na sua coragem e bravura de aceitar ser pai do Filho de Deus, enfim em todos os aspectos que possamos tê-lo como espelho seja para nosso crescimento espiritual, seja para nosso crescimento humano seja para nossa vivencia diária com nossa família, com nossa comunidade e conosco mesmo.

São José ajuda-nos a amar Jesus e Maria assim como você amou e cuidou, ajuda-nos a amar a Igreja que é corpo de Cristo, ajuda-nos a amar os sacramentos a caridade e os pobres, ajuda-nos a sermos bons servidores, discípulos de Vosso filho.

São José, esposo da Virgem Maria, pai adotivo de Jesus, peça fundamental do plano de Deus, guardião da Igreja, rogai por nós!


Junior César da Silva - 2º Ano da Etapa do Discipulado - Filosofia