Buscar
  • Seminário Nossa Senhora das Dores

SANTO ANTÔNIO DE PÁDUA, FESTA

Fernando Antônio de Bulhões y Taveira de Azevedo, nasceu em 1195, na cidade de Lisboa, Portugal. Descendente de uma família nobre, dedicou-se radicalmente à vida acadêmica e a vida de oração. Ainda jovem, ingressou-se na ordem dos cônegos regulares de santo Agostinho. Por adquirir grande conhecimento dos escritos bíblicos, Antônio foi chamado por Gregório IX de "Arca do Testamento". Estudou filosofia, teologia e posteriormente fora ordenado sacerdote em 1220. Neste mesmo ano, em Coimbra, Portugal, O jovem agostiniano sofreu uma radical mudança de vida. Ao saber do martírio de cinco franciscanos, desejou arduamente anunciar a boa nova de Cristo a todos aqueles que ainda não o conheciam. Com sua grande sabedoria e aptidão para pregar, tornou-se discípulo do "Pobre de Assis", com o qual aprendeu a viver uma vida de doação aos mais necessitados.

Além de sua incrível inteligência, Antônio foi um homem humilde e temente a Deus. Soube viver o Evangelho semeando nos corações dos homens as sementes do Reino. Deixou-se ser enxertado na videira que é Cristo e por isso, tornou-se frondoso, serviu-se de consolo e abrigo para os mais necessitados.

Vítima de uma enfermidade súbita, Antônio faleceu na cidade de Arcella em 13 de junho de 1231. O jovem de Pádua foi elevado às honras dos altares no Pentecostes de 1232, um ano após o seu falecimento. Por meio de sua sabedoria e doutrina, documentada no livro Sermões, Santo Antônio foi declarado Doutor da Igreja pelo papa Pio XII, com o título de "Doutor Evangélico". Além de ser intitulado popularmente de santo casamenteiro, Santo Antônio tornou-se padroeiro das coisas perdidas, dos pobres e também conhecido como santo dos milagres. Santo Antônio é também padroeiro da Igreja Catedral da Campanha, Igreja mãe de nossa Diocese.

Que a exemplo de Santo Antônio possamos também nós, deixarmos ser conduzidos por Cristo, sendo féis ao evangelho, dispostos à conversão, à doação e perseverantes nas tribulações.


ORAÇÃO A SANTO ANTÔNIO

Oh! Deus, que vos dignastes escolher a Santo Antônio como modelo de todas as virtudes, e tens convertido a muitas almas através de seus sermões, concedei-nos pela sua intercessão a graça que pedimos (...). Concedei-nos também que por seus méritos e intercessão possamos nos converter, renunciar ao pecado, e praticarmos as virtudes. Por Jesus Cristo Nosso Senhor. Amém. Santo Antônio de Pádua. Rogai por nós!


Daniel Aguiar de Oliveira Firmino

1º Ano da Etapa do Discipulado - Filosofia.