Buscar
  • Seminário Nossa Senhora das Dores

CAMINHAR RUMO AO BOM PASTOR




Hoje celebramos o Domingo do Bom Pastor, domingo em que dedicamos, mundialmente, orações pelas vocações, especialmente as vocações sacerdotais. Mas qual a nossa relação com o Ressuscitado, que hoje se revela como o Bom Postar que dá a vida por suas ovelhas? A figura do Bom Pastor chama a atenção, pois é a figura de alguém que cuida, tem zelo, conhecimento e amor pelo seu rebanho, por suas ovelhas. Mas por que associamos a figura do Bom pastor às vocações?

O Evangelho deste domingo, inicia-se com a seguinte afirmação: “Eu sou o bom pastor. O bom pastor dá a vida por suas ovelhas.” (Jo 10, 11). Deus, sumo e Eterno Pastor do seu povo, dá o Bom Pastor, o Messias, para pastorear o seu povo, entregando sua vida na Cruz, mas vivo está no meio de nós. Eis a espiritualidade das vocações: dar-se totalmente a Alguém por Alguém. O chamado, a escolha sempre serão vocábulos usados para expressar Vocação, mas o verdadeiro sentido se encontra no íntimo de cada um, na sua experiência com o Bom Pastor, pois Eu sou o bom pastor. Conheço as minhas ovelhas, e elas me conhecem [...]” (Jo 10, 14), as ovelhas conhecem o pastor pois estão em sua presença, podem vê-lo, senti-lo, ouvi-lo.

Vocação é mergulhar-se no mais íntimo do coração de Deus para atender a um chamado, a uma vida de serviço ao próximo. Esse profundo mergulhar-se na intimidade com Deus predispõe uma entrega total e sincera, não renegando a sua identidade humana, mas a assumindo para si mesmo para que possa transformar-se em serviço ao reino, para que haja vida, luz e não trevas.

Recordamos nesse dia também as Obras das Vocações Sacerdotais e associações de São José, cujo apostolado é entregar-se na oração para perseverança das Vocações sacerdotais e também para o estímulo missionário vocacional nas paróquias. Como Leigos engajados na atividade pastoral, revestem-se igualmente da figura do Bom Pastor no cuidado, na oração e na comunhão com as vocações. Essas Obras e associações oferecem diariamente suas orações não para “ganharem afilhados”, mas para a fecundidade de vocações para o serviço da Santa Igreja.

Que neste domingo todos possam caminhar ao encontro da voz do Pastor que pulsa em cada coração: eis a Vocação.



Hernane Junior Silva Lopes – I ano da etapa Configurativa (Teologia)