Buscar
  • Seminário Nossa Senhora das Dores

São João Crisóstomo, Bispo e Doutor da Igreja

No ano de 349, em Antioquia, nasceu São João Crisóstomo. No início de sua caminhada encantou-se com a vida ascética, tendo sido um grande pregador. Em 397 foi eleito ao ministério episcopal, tornando-se bispo de Constantinopla, onde exerceu com zelo e competência à solicitude pastoral. Foi exilado por duas vezes devido a sua oposição a corte imperial, todavia, nunca deixou de expor a doutrina católica e formar os fiéis na vida cristã. Devido a isso é também conhecido como “boca de ouro”.

São João Cristóstomo é considerado um dos patronos do cristianismo primitivo e, a partir de sua pregação e sua oratória perfeita, promoveu o encontro de muitos com o próprio Cristo. Sua fé foi fortalecida principalmente na sua caminhada eremítica, no silêncio do deserto onde se recolhia.

Em uma de suas homilias pregava: “sobrevêm muitas ondas e fortes tempestades, mas não tememos afogar, pois estamos firmados sobre a pedra. Enfureça-se o mar, não tem forças para destruir a pedra. Ergam-se as vagas, não podem submergir o navio de Cristo [...]. Cristo está comigo, a quem temerei? Mesmo que as ondas, os mares, o furor dos príncipes se agitem contra mim, tudo isto não me impressiona mais do que uma aranha”.

Tendo em vista os dias conturbados que estamos vivendo, onde não somente as consequências da pandemia, mas a violência, o ódio, a falta de dignidade, a falta de amor, têm tomado conta das pessoas, não podemos temer, não podemos deixar se perder em meio as fortes ondas, pois Deus está conosco.

Portanto, rogamos a intercessão de São João Cristónomo, a fim de que com o poder da pregação e do testemunho, sejam ministros ordenados ou leigos, possamos sempre levar o amor e esperança a todas as pessoas que se encontram desesperadas e angustiadas, pois por Cristo, com Cristo e em Cristo tudo é possível.


Igor Sudério Abreu - 3º ano da Etapa do Discipulado - Filosofia